sexta-feira, 29 de março de 2013

Campanha "Respeito Passe Adiante".


A empresa "Paraíso da Saúde"  apoia a campanha "Respeito passe adiante".

Especialistas em leis de acessibilidade explicam as regras para usar vagas reservadas
A reserva de vagas especiais para deficientes físicos em estacionamentos – públicos ou privados – de uso coletivo é assegurada pelo decreto-lei de acessibilidade. No entanto, passados sete anos em que a lei está em vigor, muitas dúvidas ainda permanecem para usuários, estabelecimentos e clientes.

1) Qual tipo de documentação é necessária para se conseguir o direito de parar nessas vagas?
RF: É necessário ter um cartão para ser colocado em um lugar de muita visibilidade como, por exemplo, o painel do carro. Esse documento é confeccionado e fornecido pela secretaria de trânsito de cada município. No meu caso, para obter o cartão, precisei apresentar a carteira de motorista que, no caso de deficientes físicos, já contém uma observação de que a pessoa é portadora de deficiência. Além disso foi necessário fornecer o documento do carro e um comprovante de residência.
TA: Os órgãos de trânsito de cada município informam a documentação necessária, normalmente cada cidade exige documentos diferentes. No entanto, é sempre obrigatório levar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) que mostra que a pessoa é portadora de deficiência.

2) Os locais públicos são obrigados a ter esse tipo de vaga? Quantas?
RF: A lei estabelece que todos os locais públicos e privados de uso coletivo como shoppings e parques devem ter no mínimo 2% de suas vagas de estacionamento reservadas para deficientes físicos. Se este porcentual der um resultado menor do que um, ainda assim é necessário ter no mínimo uma vaga específica para deficientes.
TA: O artigo 25 da Lei 5296 garante a reserva de no mínimo 2% das vagas em locais públicos e privados.

3) Qual a lei para locais privados de uso restrito, como condomínios?
TA: A lei não se aplica nesses casos. Cabe aos administradores de cada local decidirem como e quantas vagas reservadas devem ser disponibilizadas.

4) Caso a pessoa note que o local não possui o número de vagas necessárias, como ela pode reclamar?
RF: O usuário que notar quaisquer irregularidades pode chamar os órgãos fiscalizadores de trânsito, no caso de locais públicos. No caso de locais privados, quem cuida desse tipo de reclamação é a empresa administradora.

5) Como essas vagas devem ser?
RF: As vagas devem ser o mais próximo possível da entrada principal e precisam seguir as medidas padrão e normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Além disso, elas têm que respeitar todas as leis de acessibilidade.

6) Qual a punição para quem para neste tipo de vaga sem a documentação necessária?
RF: A infração tira três pontos da carteira de motorista e a pessoa é multada em R$ 57, além disso o carro pode ser guinchado.
TA: A lei estabelece que a utilização dessas vagas por pessoas que não estejam transportando pessoas com deficiência física constitui uma infração ao art. 181 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997.

7) Alguns locais colocam correntes e cones para reservar essas vagas. Isso é permitido?
RF: A lei não dispõe de nenhuma informação sobre esse tipo de prática. Normalmente, os locais fazem isso por causa do desrespeito das pessoas. Trata-se de uma medida válida se o estabelecimento deixar alguém disponível no local para retirar o bloqueio quando o deficiente físico chegar à vaga. Obviamente, se não houver ninguém para retirar o cone ou a corrente, fica muito difícil parar nesses locais, já que as pessoas que as utilizam têm dificuldades de mobilidade. Eu, por exemplo, dirijo sozinho e preciso de alguém para ajudar a remover estes objetos.



video

quinta-feira, 28 de março de 2013

Energia optada pela nossa empresa.


A "energia eólica" é a energia que provém do vento.

Vantagem da energia eólica
A produção de energia elétrica através de energia eólica tem várias vantagens das quais podemos ressaltar as principais.
É uma fonte renovável, não emite gases de efeito estufa, gases poluentes e nem gera resíduos na sua operação, o que a torna uma fonte de energia de baixíssimo impacto ambiental.
Os parques eólicos (ou fazendas eólicas) são compatíveis com os outros usos do terreno como a agricultura ou pecuária, já que os atuais aerogeradores têm dezenas de metros de altura.
O grande potencial eólico no mundo aliado com a possibilidade de gerar energia em larga escala torna esta fonte a grande alternativa para diversificar a matriz energética do planeta e reduzir a dependência ao petróleo. Em 2011 na União europeia ela já representa 6,3% da matriz energética, e no mundo mais de 3,0% de toda a energia elétrica.
Finalmente, com a tendência de redução nos custo de produção de energia eólica, e com o aumento da escala de produção, deve se tornar uma das fontes de energia mais barata. 



segunda-feira, 25 de março de 2013

Paisagismo

A sugestão é ideal para casas que não têm grandes áreas para jardins.
A presença das flores em residências é fundamental para a harmonia do lugar  de quem o frequenta.  Além de deixar o ambiente lindo e agradável.



Oferecemos o serviço a domicilio.

Motivacional para equipe

                                                     PROPOSTA DO LÍDER


  1. Fazer dinâmicas, trocas de experiências para melhorar o entrosamento da equipe. Fazendo com que melhore a comunicação entre os integrantes.
  2. Motivar funcionários, elegendo destaque do mês. Dando um bônus de 10 % do salario, mais uma folga ao funcionário que se destacar melhor.
  3. Deixar o funcionário a vontade para se expor e falar o que pensa.
  4. Fazer um treinamento no período de 1 mês  Ensinando aos funcionários como se comportar na empresa, como ser um bom atendente. 
  5. Sempre que necessário fazer reuniões e palestras para melhorar o conhecimento da equipe. Lembrando sempre os 3cs da nossa empresa: comunicação, cooperação e coordenação.
LÍDER: Igor De Jesus Santos

                                              OPINIÃO DOS COLABORADORES

Andréia Santana- Essa forma vai nos dar uma oportunidade de desenvolvimento cognitivo e possivelmente a evolução de uma empresa tornando-a cada vez melhor.

Cristiane - O treinamento, a dinâmica ira nos ajudar a colocar nosso potencial em pratica e também interagirmos uns com os outros para o melhor crescimento da empresa.

Franciely - O treinamento, sera excelente na melhora de comunicação, ajudando-nos numa melhora profissional e pessoal.

Irene - Achei muito bom, porque dinâmicas aproxima mais o grupo e faz com que a empresa tenha mais rendimento no mercado de trabalho.

Hiris Costa - Achei otimo pois os funcionarios tera muito mais animo e estimulo a comprir com os seus deveres, alem disso o lider esta proporcionando uma boa melhora entre a empresa e seu funcionario entre si.

Álvaro Alves - É bom saber que nos funcionários teremos mais animação para trabalhar. achei a ideia ótima pois nos teremos uma motivação a mais para trabalhar e expor nossas ideias.

Diego Brito - As propostas do líder da empresa são boas por que vai trazer mais prazer e motivação aos funcionários da empresa "paraíso da saúde".

quinta-feira, 21 de março de 2013

Sal de ervas é boa opção para reduzir sódio na comida.

Você sabia que, o sal foi alçado à condição de vilão da alimentação por conta de seus efeitos prejudiciais à saúde, que vão da hipertensão ao AVC e outras doenças cardiovasculares?

 A empresa Paraiso da Saúde está com um progama de concientização das pessoas a trocar o sal tradicional,  pelo sal de ervas com receitas muito simples de fazer.

Receita 1 :1 xícara de chá de sal grosso
1 xícara de chá de orégano
1 xícara de chá de alecrim
1 xícara de chá de estragão
Preparo:Lavar bem as ervas e secá-las com um pano limpo. Depois, colocá-las junto com o sal no liquidificador ou no processador de alimentos e triturar tudo. Guardar a mistura em um recipiente fechado, em local fresco e seco.

Receita 2:
10g de alecrim*
25g de manjericão*
15g de orégano*
10g de salsinha*
100g de sal marinho
*Quantidades relativas ao peso das embalagens da erva seca disponíveis no mercado.
Preparo:
Bater os ingredientes no liquidificador. Guardar em pote de vidro bem fechado. Usar no lugar do sal comum.

quarta-feira, 20 de março de 2013